Exercícios Para Vencer A Disfunção Erétil

Exercícios labirinto, contra a disfunção).


Os exercícios labirinto, para homens são fundamentais para vencer a impotência. Você pode praticar em qualquer lugar e em qualquer momento.


Para começar, você precisa localizar o músculo pubocoxigeno. Isto é feito contrair o músculo da mesma forma em que se corta ou se retém a urina. Vai se sentir um músculo que se contrai de forma imediata, deve-se manter por alguns segundos e depois relaxar você.


Quais são as vantagens têm?



  • Pode ser praticado em qualquer idade.

  • Você pode praticar em qualquer lugar, enquanto dirige, lendo, vendo televisão ou até mesmo no escritório.

  • Não precisa usar suas mãos ou pernas.

  • São muito simples de praticar.

  • Não tem riscos, contra-indicações nem efeitos secundários.

Como se realizam os exercícios?


O mais recomendável na hora de iniciar com os exercícios de labirinto, é começar com:



  • 3 séries de 25 repetições

  • Manter o músculo durante pelo menos 2 ou 3 segundos; em cada repetição

  • Relaxar o músculo durante 2 segundos.

  • Passado o tempo, é possível que você possa aumentar o número de repetições e os segundos de duração da contração.

  • Exercício labirinto avançado: Uma técnica labirinto avançada a parada total da ejaculação. Começa a masturbarte até estar prestes a ejacular e, nesse ponto, contrai o músculo muito forte, pelo menos 8 segundos, até cortar a sensação de ejacular.

No que diz respeito ao lugar e a posição em que fazer os exercícios, você pode seguir o seguinte dicas:



  1. Sente-se e abre as pernas.

  2. Mantenha as costas

  3. Realiza as contrações e relaxamentos que antes foram explicados.

Verifica se o que você está fazendo corretamente: você vai notar como seus testículos também se movem.


Em quanto tempo devo fazer os exercícios?



  • Primeiro mês: Realiza até 50 contrações dia sim, dia não. Ou seja, practícalos um dia e descanse ao seguinte.

  • Segundo mês em diante: Aumenta até 250 contrações por dia, 3 a 4 dias por semana.

Exercícios cardiovasculares.


Realizar exercícios físicos, como a dança e a natação é muito recomendável para erradicar a disfunção erétil, já que esta ocorre por uma deficiência do fluxo sanguíneo no aparelho reprodutor. Incluir exercícios cardiovasculares para a vida cotidiana traz muitos benefícios a saúde, além de uma solução quase permanente deste distúrbio sexual, aumenta os níveis de felicidade, melhora a mobilidade e oferece uma vida plena e saudável.


Além disso, realizar exercícios de agachamento ajuda na resistência da parte inferior do corpo, isso é necessário para manter uma relação sexual muito mais prazeroso, sem chegar à exaustão e com resultados positivos para a hora de ter um orgasmo; na maioria das vezes, as flexões farão fluir de maneira muito mais saudável sangue.


Efeitos



  • Melhora a vida sexual do indivíduo

  • Elimina de forma saudável e sem medicamentos para a disfunção erétil

  • Melhora a circulação do sangue.

  • Muda o estilo de vida da pessoa para uma rotina mais saudável, sem qualquer tipo de consequências físicas ou psicológicas.

  • Aumenta o apetite sexual.

Exercícios a nível mental para vencer a disfunção erétil


Por último, uma vez que já temos em boa forma, a musculatura do assoalho pélvico e a nossa circulação sanguínea voltou a ser a correcta, é necessário trabalhar o plano mental.



  • Manter um estado mental saudável: O stress e a ansiedade desempenha um papel importante na disfunção eréctil, alterações de emoções liberam componentes químicos que aumentam o apetite de raiva e o medo, diminuindo o desejo sexual; os níveis de testosterona aumentam a excitação e garantem uma erecção duradoura, mas para isso você precisa de um bom estado mental.

  • Ter segurança sobre a sua inclinação sexual: As ereções dependem completamente da mente, uma pessoa que não sente desejos sobre o seu parceiro nunca encontrasse a ereção desejada; estes inconvenientes podem acontecer quando o homem não está atraído para a pessoa, ou quando não é a sua preferência sexual, conseguindo uma má reputação na cama e gerando para o mesmo preocupação e desmotivação. A atração para o mesmo sexo não é um segredo hoje em dia e pode ser praticada sem discriminações; se este é o caso do paciente, a melhor solução é ser honesto consigo mesmo.

  • Melhorar a relação com seu parceiro: Manter relações sexuais é um ato extremamente forçado e complicado se realiza com desconforto ou ódio; as relações de casal devem ser harmônicas, no entanto existem momentos de desentendimentos e descontentes, que colocam à prova a relação; no entanto, estes não devem interagir com o ato sexual, pois os resultados caiam no sexo insatisfatório.

  • Recorrer a aulas de relaxamento: O yoga é fundamental para o relaxamento, as pessoas com disfunção erétil conseguem uma melhoria quase imediata ao fazer yoga; isto além de melhorar a saúde mental e conseguir a paz interior, melhora a circulação sanguínea e o funcionamento dos vasos sanguíneos.

Efeitos



  • Diminuir o estresse e a ansiedade geradas por problemas do dia-a-dia

  • Diminuir de forma considerável o esgotamento e ter um número maior de horas para o descanso.

  • Encontrar a paz interior e uma mente limpa, conseguindo a meditação e uma boa atitude perante a vida; o que gerasse uma melhor atração sexual, no momento de fazer sexo.

  • Ser uma pessoa de energia, com maior rendimento e sem ocorrência de constantes agotamientos.

Leave a Reply