EJACULAÇÃO PRECOCE: 5 DICAS PARA O CASAL

O casal que se vê afetado pela ejaculação precoce em função da importância que lhe dêem a sexualidade e a penetração. Pedro Lourenço Jorge, médico e sexólogo da Associação Estadual de Profissionais da Sexologia (AEPS), lembra que a rapidez na ejaculação dos primatas aumenta a possibilidade de reprodução, o que representa uma realização evolutivo. No entanto, “hoje nós o vemos como um problema, pois o tempo de intercurso sexual tornou-se importante”.

Villegas considera que isso é algo que choca com os dados, já que “mais de 85 por cento das mulheres não conseguem nunca o orgasmo com a penetração, independentemente do tempo que receba estímulos, enquanto que os cem por cento de si começa com a estimulação do clitóris”.

 

EJACULAÇÃO PRECOCE: 5 DICAS PARA O CASAL 1

Problemas que sofrem alguns casais por a ejaculação precoce

Na realidade, algumas mulheres não têm problema com ejaculação precoce, já que o que realmente gosta é o estímulo do clitóris. Outras, em contrapartida, podem sofrer uma grande insatisfação, pois suas expectativas sexuais não são cumpridas dai a necessidade da utilização de estimulantes sexuais naturais, como Energy UP. Nestes últimos casos, a desvantagem na cama, pode resultar em problemas fora da relação sexual e de incomunicabilidade. “Alguns casais chegam a evitar os encontros sexuais, para não enfrentar a situação”.

omo evitar ejaculação precoce
Entenda a Fisiologia para um Diagnóstico Preliminar

 

Para não chegar a este ponto, Villegas dá uma série de dicas para o casal:

1) Falar do problema

A comunicação é muito boa para tudo o que está relacionado com a vida em casal. Villegas explicou que “é bom que o casal fale, mas também escute”.

“Muitos homens lhes entra na cabeça que sofrem de uma ejaculação precoce e que esta é a causa de todos os males do casal. Elas estão cansadas de dizer que não se importa, que resolver a ejaculação precoce não vai resolver a falta de carinho que ele demonstra, a escassa participação doméstica ou a falta de atenção aos filhos”, ejemplariza o especialista.

2) Não pôr a Culpa

A compreensão e o diálogo são fundamentais, embora Villegas reconhece que não há uma única forma para abordar o tema. O que está claro é que nunca há que pôr a culpa no homem. “Não acusá-lo de falta de interesse em dar prazer a ela ou não gerar mais angústia ou ansiedade com comentários sobre as relações anteriores que sim gostava”.

3) Não diminuíram a importância do problema

Há que ter em conta que “são muitos os homens que nem se colocam recorrer a um profissional. Mas, qualquer tentativa de tirar a importância, ou a fazer algumas manobras sexuais que tratem de ajudá-lo só geram mais ansiedade em si, o que piora a ejaculação precoce“.

4) Passar mais tempo com as demonstrações de carinho anteriores

Você também pode ajudar o casal passe mais tempo com as demonstrações de carinho e preliminares iniciais, e é que Villegas foi visto que os casais que vão direto para a penetração costumam sofrer mais problemas. Pelo contrário, aquelas que dedicam mais tempo para as preliminares gostam mais. Na hora de resolver os problemas de ejaculação precoce, no último caso, o tratamento é mais fácil e rápido“.

5) Procurar ajuda profissional

“Deve-Se insistir em que procure ajuda profissional. Os homens são mais tímidos do que a maioria acredita, quando se refere a questões que ele considera que diminuem a sua virilidade”, indica o médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on tumblr
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr